Diferença entre as Blindagens

Blindagem é um método de envolver um grupo de condutores com uma fita metálica ou fios de cobre , para reduzir os efeitos de interferência eletromagnética ou ruído elétrico, que podem prejudicar o desempenho da transmissão em alguns ambientes. Esse ruído pode ser devido à interferência externa de outros equipamentos elétricos ou pode ser devido à interferência dentro do próprio cabo de pares adjacentes que são torcidos usando a mesma etapa de torção, conhecida como diafonia. Neste caso, recomenda-se a blindagem individual dos pares.

Diferença entre as Blindagens

Qual é a Diferença entre as Blindagens?

Uma escolha do tipo de blindagem depende do ambiente em que os cabos são utilizados e da aplicação que devem realizar. Os tipos de blindagem construídos para atender a essa necessidade incluem:

Blindagem Eletromagnética – Um método eficaz que tem sido usado para eliminar o ruído magnético consiste em torcer pares de fios com um comprimento de torção uniforme e balanceado. Com essa torção, uma série de circuitos adjacentes é formada em vez de circuitos como pares paralelos e lineares. Qualquer campo magnético que passa pelo par é cancelado pelos circuitos adjacentes porque o campo magnético induz correntes nos circuitos adjacentes em cada fio em direções opostas.

Em termos de eficiência de atenuação eletromagnética e velocidade de produção, um comprimento de torção entre 50 e 75 mm é o mais recomendado, ajudando a reduzir os custos industriais.

Blindagem Eletrostática – Já sabemos que todo corpo metálico é um condutor elétrico. Nele, a carga elétrica pode se mover facilmente. Durante o processo de condução do condutor, a carga elétrica apresenta um movimento ordenado que dura pouco tempo. Ao interromper esse movimento, dizemos que o corpo atingiu o equilíbrio eletrostático.
O ruído estático é causado pelo campo elétrico irradiado pela fonte de tensão e acoplado capacitivamente aos fios dentro do circuito do instrumento. Este acoplamento cobre o sinal transmitido.

Diferença Entre as Blindagens Conheça 4 tipos

Poliéster + Fita de Alumínio blindado e cabo de drenagem – É a maneira mais eficiente de quebrar esse acoplamento entre a forma de tensão externa e o circuito do instrumento quando a atenuação de ruído de alta frequência é necessária.
Modelo com elementos com espaçamento e torção de 70mm conforme NBR 10300, montados a partir de fita poliéster + alumínio e cabo dreno, são a solução perfeita para instalação de medidores.

Blindagem Trançada – (gaiola de Faraday) consiste em um conjunto de fios de cobre nu ou estanhados torcidos no sentido horário e um conjunto de torções no sentido anti-horário. A blindagem trançada fornece excelente integridade estrutural, mantendo boa flexibilidade e longevidade. Essas blindagens são ideais para reduzir a interferência de baixa frequência e têm menor resistência da corrente continua do que as blindagens de fita. Blindagem trançada, quanto maior o fechamento, melhor o efeito. No entanto, deve-se considerar a relação entre o custo e a cobertura do tecido, que estão entre 80% e 95%. Blindagens trançadas não podem atingir 100% de cobertura.

Fita de poliéster + blindagem combinada de dreno/cabo trançado de alumínio e cobre – melhora a imunidade a ruídos de baixa ou alta frequência e protege o cabo de interferência eletromagnética.

Fita de Cobre Nu – Utilizada em cabos onde os condutores são reunidos em coroas concêntricas, ou seja, não possuem espaçamento torcional e necessitam de blindagem eletrostática.

diferença entre as blindagens

orçamento mdmax

Botão Voltar ao topo